Dúvidas Frequentes

Tem dúvidas na hora de comprar Tubos e Conexões para sua obra? Preparamos uma seção completa para ajudar você a escolher os melhores produtos e a fiscalizar instalações e manutenções de sistemas hidráulicos, elétricos e de esgotos na sua obra. Em casa, na empresa ou na indústria, independente do projeto, a KRONA quer ajudar você respondendo suas dúvidas.

Página Inicial >> Dúvidas Frequentes

Os Tubos e Conexões unidos através de junta soldável devem ficar, em média, 12 horas sem receberem água. Isso porque o adesivo deve estar seco para realizar o teste.

O adesivo para soldagem é fabricado especialmente para unir Tubos e Conexões em PVC soldáveis. A cola foi desenvolvida para trabalhar com este tipo de polímero específico. Portanto, para Tubos e Conexões soldáveis feitos em outro material, procure a solução adesiva própria.

A instalação de uma tubulação de esgoto na sua casa divide-se em duas partes. O esgoto secundário é a parte que não está em contato com os gases provenientes da rede pública. Compreende-se como esgoto secundário todas as peças instaladas dentro de casa até as caixas sifonadas. Já o esgoto primário são todas as peças instaladas da caixa sifonada até a caixa de inspeção, ou seja, todas as peças que ficam em contato com os gases.

É usada para esgotos com resíduos gordurosos proveniente de pias de cozinhas a fim de retê-los, protegendo assim a tubulação da rede quanto à deposição em suas paredes, ou seja, contra o entupimento do circuito. Devido à fermentação da gordura retida devem ser obrigatoriamente fechadas, porém com tampas removíveis. Recomenda-se o uso dos sifões nas pias, principalmente, para evitar o mau cheiro proveniente da gordura retida, embora a limpeza deva ser periódica.

Os sifões e caixas sifonadas funcionam através do mesmo sistema mecânico: por acumularem certo nível de água dentro das peças, não deixam os gases formados pelo esgoto voltarem dos tubos ao ambiente pelos ralos. O sifão é uma peça instalada em todas as pias. Já as caixas sifonadas são instaladas no piso do banheiro, cozinha ou lavanderia e podem apresentar variações de número de entradas de tubos.

A instalação correta da tubulação de esgoto - com todos os produtos recomendados instalados conforme os padrões - vai garantir o bom funcionamento de todas as saídas de água, evitar maus cheiros e entupimentos em toda a rede. O primeiro passo é realizar um plano hidráulico com um profissional especializado. É preciso prever as futuras reformas ou ampliações da planta da casa, como a construção de mais uma laje ou a instalação de uma piscina, por exemplo.

Após o planejamento hidráulico, opte por adquirir todos os produtos necessários de uma mesma marca, facilitando as conexões. A KRONA possui todo o leque de peças necessárias para a construção da tubulação de esgoto da sua casa. Contrate uma mão-de-obra qualificada para seguir todas as recomendações padrões.

Durante o planejamento e instalação, você deve ficar atento a esses pontos essenciais:

  • Um bom projeto para a rede de esgoto da sua casa conta com ralos sifonados no piso, caixas sifonadas nos banheiros, sifões em todas as torneiras, além da caixa de gordura na pia da cozinha e a caixa de inspeção na ligação da tubulação de esgoto da sua casa com a rede pública;
  • É recomendada a instalação de um tubo de ventilação ligado ao tubo de esgoto, que faz com  que os gases escapem para a atmosfera e não voltem para o ambiente da casa. O tubo de ventilação é tão essencial quanto o tubo de esgoto, pois, ele alivia a pressão nos sifões e nas bacias sanitárias;
  • Na instalação dos sifões verifique se os anéis de vedação estão posicionados corretamente;
  • Nunca faça ou permita a prática do encurvamento de tubos através do fogo. Para mudar a direção do fluxo dos tubos, utilize peças apropriadas, como as conexões em curva 45º e 90º ou joelhos em 45º e 90º;
  • Para instalar Tubos e Conexões soldáveis, basta lixar as suas extremidades por fora e por dentro, limpá-las com a Solução Limpadora KRONA, aplicar o adesivo KRONA nas peças (conforme consta no manual) e conectá-las. Espere até 12 horas para que as ligações estejam secas e só assim instale a tubulação;
  • Se preferir utilizar Tubos e Conexões com anel de vedação KRONA, que garantem maior mobilidade na sua obra na hora de reformar, você deve optar por tubulações de junta elástica. A segurança e qualidade garantida é a mesma em comparação aos Tubos e Conexões soldáveis da KRONA;
  • Siga o padrão de instalação dos ralos e caixas sifonadas, respeitando a profundidade mínima no chão. Para lajes, é preciso fazer o cálculo do recuo do piso para instalar estas peças;
  • As caixas de inspeção devem seguir as normas e serem abrigadas em uma estrutura de alvenaria de 60 por 60 cm. Elas também devem estar no mínimo a 20 cm de profundidade no solo e devem ser concretadas com aditivo impermeabilizante;
  • Todo esse projeto deve seguir os padrões para que o esgoto da rede pública não volte para a sua casa através das tubulações, não haja entupimento e para que  a água flua com facilidade;
  • Siga as instruções que constam em todos os manuais dos produtos KRONA para garantir sucesso na sua instalação.

O registro de pressão nada mais é do que o dispositivo que abre e fecha um chuveiro, por exemplo. Já o registro de gaveta é aquele que fica instalado nas paredes, destinado a interromper o fluxo de água na parte do sistema em que tem que ser realizado algum reparo. O ideal é que contenha um registro para cada circuito hidráulico, como no banheiro, na cozinha e na lavanderia.

Diferente da tubulação de água fria, em que o tubo pode permanecer 100% cheio de água, a tubulação destinada ao esgoto é semi-hídrica, ou seja, ela é projetada para conter uma quantidade de ar e realizar o escoamento. Sendo assim, os tubos de esgoto não suportam a pressão gerada pela água fria e podem acabar estourando.

Se você quer encanar a água proveniente de uma fonte dentro do seu terreno, recomenda-se a utilização de tubos de junta elástica ​KRONA​. As tubulações de junta elástica trabalham junto com o terreno que, com o passar dos anos, vai modificando a sua inclinação. Além disso, o coeficiente de dilatação térmica destas peças é ideal para ambientes externos até a sua caixa d’água. Mas atenção: mesmo tendo um bom trabalho sob condições climáticas, é necessário fazer uma lira de dilatação, que nada mais é do que uma “quebra” na estrutura​,​ conectando joelhos de junta elástica com outras tubulações. A lira é importante, nestes casos, para​ que uma ​extensa tubulação não se comporte como uma peça única e dilate de uma forma em que a estrutura se rompa.

A tubulação de água fria é feita com um material diferente da tubulação de água quente. Enquanto uma é produzida à base de PVC, a outra é feita em PPR, um polímero de estrutura molecular que confere resistência mecânica para suportar a condução de água quente. Cada tubulação ou conexão é projetada para resistir a determinados impactos. Por exemplo, a tubulação feita para passar água fria não suporta o vapor d’água formado pela água quente e acaba rompendo. As consequências do uso indevido podem ser grandes e exigir reparos. Por isso, para água quente, utilize a tubulação correta, feita em PPR.

Cada produto é produzido com material de diferentes especificações para resistir a determinadas ações mecânicas e efeitos do tempo, como, por exemplo, vibrações vindas da rua e ações causadas pela própria pressão da água dentro do encanamento. Os produtos passam por rigorosos testes de qualidade, garantindo segurança para específicas funções. Se você utiliza um tubo ou conexão em um lugar diferente ao que é destinado, certamente estará colocando a sua obra em risco. As possibilidades de um rompimento acontecer são muito grandes e o trabalho, investimento e tempo para consertar o estrago podem causar desconforto.

Cada tubo ou conexão é feito de cores diferentes com um propósito de ajudar o consumidor a identificar para qual uso se destina determinada peça. Abaixo, confira qual é a utilização correta de cada tubulação ou conexão KRONA:

  • Marrom: destinado à água potável fria em instalações de ambiente internos (dentro da residência). São Tubos e Conexões da linha soldável.
  • Branco: destinado á água potável fria em instalações de ambiente externo (fora da residência, como jardim ou quintal). São Tubos e Conexões da linha roscável.
  • Branco-acinzentado/Off White: destinado ao esgoto em instalações de ambiente interno e externo.
  • Verde: destinado à água potável quente.
  • Cinza: destinado ao registro de esfera. São peças da linha roscável.
  • Grafite: destinado à  fiação elétrica de baixa tensão. São Tubos e Conexões das linhas roscável e soldável.
  • Amarelo corrugado: eletroduto flexível destinado à fiação elétrica de baixa tensão. ɉ recomendado a utilização do eletroduto comum em paredes.
  • Laranja corrugado: eletroduto flexível reforçado destinado á fiação elétrica de baixa tensão.
  • Preto: eletroduto rígido destinado á fiação elétrica de baixa tensão. ɉ recomendado a utilização do eletroduto reforçado em lajes.

Para ter sucesso em sua obra e evitar problemas futuros, como vazamentos ou fiação elétrica arrebentada, respeite os usos devidos de cada peça.

A qualidade do produto faz muita diferença para a sua obra. Por isso, na hora de comprar, questione. Veja as principais vantagens em escolher KRONA:

  • Todos os produtos seguem as Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas, (ABNT) de fabricação além de estarem de acordo com as Normas Técnicas Brasileiras (NBRs);
  •  A KRONA Tubos e Conexões está inserida no Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat – PBQP-H;
  •  Os Tubos e Conexões KRONA são certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - Inmetro. Procure o selo nos nossos produtos;
  • Todos os produtos KRONA passam por rigorosos testes de qualidade que certificam o melhor desempenho com a maior segurança para sua instalação hidráulica, entregando a confiança que você precisa;
  • A matéria-prima, maquinário e competência técnica dos colaboradores utilizados para a fabricação dos Tubos e Conexões KRONA são da mesma qualidade dos concorrentes A e B;
  •  Um dos indicativos de que a instalação hidráulica terá sucesso é a utilização de 100% dos produtos da mesma marca. Diferente dos concorrentes C e D, a KRONA Tubos e Conexões trabalha com todo o leque de produtos necessários para instalações prediais, ou seja, todas as peças que você precisa desde o relógio ou hidrômetro para dentro da sua casa;
  • Uma das formas de diferenciar produtos de qualidade é pelo acabamento. Todos os produtos KRONA apresentam acabamento impecável;
  •  Todos os produtos da KRONA são atóxicos;
  • Os Tubos e Conexões KRONA são resistentes ao contato de qualquer produto, como sal, óleo, azeite, açúcar ou produtos de limpeza. As paredes internas dos produtos KRONA são preparadas para não formar depósitos de comida ou qualquer outro material;
  •  Por passarem por rigorosos testes de qualidade, os Tubos e Conexões KRONA apresentam flexibilidade e não acumulam tensões - principais ações que causam o rompimento de tubulações;
  •  Todos os representantes da KRONA Tubos e Conexões possuem treinamento e têm todo o material de apoio para atender qualquer questão do consumidor;
  •  A KRONA Tubos e Conexões disponibiliza um chat online para você falar com um de nossos consultores e esclarecer todas as suas dúvidas a respeito dos nossos produtos e instalações. A qualidade é entregue mesmo depois que as nossas peças já estão na sua obra.

São muitos os motivos para escolher KRONA. A qualidade dos produtos e a mão de obra qualificada são os principais itens que trarão sucesso para sua obra.

Isso vai depender do projeto da sua obra, que deve constar um plano hidráulico feito por um profissional qualificado. Em geral, as principais instalações seguem um padrão de diâmetro para garantir a melhor fluidez da água e dejetos:

  • 40 mm para a saída de água da pia;
  • 100 mm para a saída de descarga da bacia sanitária e do tubo de esgoto central;
  • 75 mm da tubulação que vem da lavanderia;
  • 50 mm da tubulação que vai da caixa sifonada até o tubo de esgoto.

A caixa d’água é o local que reservará e levará a água a todas as torneiras, chuveiros e vasos sanitários na sua casa. Em caso de falta de água do sistema de distribuição público, a caixa d’água lhe dará a segurança necessária para ter água na sua casa por determinado tempo.
Existem alguns padrões para escolher o tamanho ideal da sua caixa d’água. O primeiro é basear-se em uma tabela de referência de consumo de água. Por exemplo, uma pessoa morando em uma casa consome, em média, 150 litros por dia. A segunda referência padrão é instalar uma caixa d’água que comporte a quantidade de água necessária para, no mínimo, dois dias. Então, se na sua casa moram três pessoas, o cálculo deverá ser: 3 x 150 litros = 450 litros x 2 dias = 950 litros. Esse deve ser o tamanho mínimo do seu reservatório de água.

Outro ponto importante na instalação da sua caixa d’água é o local onde ela ficará. Certifique-se que a laje comporta o peso da carga de água com o arquiteto ou engenheiro que planejou sua construção.

Quanto mais alta a caixa d’água ficar, maior vai ser a velocidade em que a água correrá pelos tubos e, consequentemente, maior a vazão pelas torneiras e chuveiros.

Para o sucesso da sua obra, contrate uma mão de obra preparada e especializada no assunto.

Para saber quais peças são necessárias e o passo a passo correto de uma instalação de caixa d’água, assista ao nosso vídeo KRONA Explica:

Não. Para isso existem conexões soldáveis e roscáveis, como o joelho soldável com bucha de latão KRONA. Essa conexão serve para unir peças de metal roscáveis com tubos de PVC ou PPR KRONA. Para a outra extremidade roscável, utilize a fita veda rosca e rosqueie à conexão. Para conectar a extremidade soldável, você deve aplicar o adesivo plástico KRONA indicado no manual de instrução.

A etapa de planejamento é importante para prever qual será a potência necessária para abastecer todas as tomadas da casa. Um profissional especializado deve trabalhar no planejamento da instalação elétrica. Confira se o desenho da instalação elétrica segue as normas regulamentadoras apropriadas e se está prevista a localização dos quadros de medição e de distribuição das saídas de luz e dos seus interruptores, além das tomadas. Todas as informações devem estar dentro da norma NBR 5444 da ABNT. Neste desenho
também constam o tamanho dos diâmetros (bitolas) dos eletrodutos. Todos os fios elétricos devem passar por dentro de eletrodutos, mesmo o fio de aterramento (fio terra).

Cada tipo de eletroduto é destinado a suportar determinadas pressões e garantir segurança contra choques e incêndios. Os eletrodutos flexíveis corrugados são recomendados para uso interno (paredes). Os eletrodutos flexíveis corrugados reforçados, assim como os eletrodutos rígidos, são destinados para uso em partes de lajes e pisos - dependendo do projeto.

Não permita a passagem de fios condutores dentro de outras tubulações não destinadas para eles, como por exemplo, a tubulação de ar, que não foi projetada para garantir segurança em qualquer situação de risco que o projeto elétrico possa sofrer.

Assim como as demais instalações hidráulicas, a colocação de uma tubulação de água quente exige um bom planejamento feito por um profissional qualificado. É importante levar em conta alguns pontos sobre as tubulações de água quente:

  • Qualquer que seja a fonte de aquecimento (por reservatório ou aquecedor de passagem), utilize tubulações feitas para resistir à água quente. Utilizar Tubos e Conexões destinados a outro fim pode levar ao dano material dos mesmos;
  • Os Tubos e Conexões para água quente KRONA são fabricados em PPR, um polímero resistente a picos de temperatura, além de serem atóxicos e não apresentarem riscos de corrosão;
  • Por isso, é necessário utilizar uma tubulação própria para atender o chuveiro e as torneiras do banheiro e da cozinha;
  • No projeto da tubulação de água quente deve constar um tubo de ventilação. Este tubo é necessário para que o vapor formado pela água quente escape para a atmosfera, eliminando qualquer risco de acidente e prolongando a vida útil do tubo e conexão;
  • No projeto de instalação de aquecedores elétricos deve haver dispositivos de segurança, como o termostato e um fio terra;
  • Os aquecedores a gás devem ser instalados em lugares bem ventilados, evitando qualquer contaminação do ambiente;
  • Por via de regra, os registros de água quente sempre ficam na esquerda. No projeto de instalação da tubulação de água quente a torneira destinada a ela deve ficar sempre nesta posição.

Para outras dúvidas a respeito da instalação de Tubos e Conexões de água quente KRONA, entre em contato com um de nossos consultores através do chat online.

Todos os Tubos e Conexões KRONA, sejam eles roscáveis ou soldáveis, cumprem com a função de transportar água ou dejetos. A escolha entre um tipo ou outro é feita na hora do planejamento hidráulico. Os Tubos e Conexões roscáveis apresentam mais facilidade para uma futura mudança na rede hidráulica, já que podem ser facilmente desmontados. Já os Tubos e Conexões unidos por solda (adesivo) são recomendados para instalações permanentes, que não serão mexidas por longos anos. Ambos apresentam a mesma facilidade de reparo, caso haja alguma ruptura. No caso das tubulações roscáveis, basta desencaixar a parte danificada e substituir. As soldáveis também podem ser facilmente reparadas com as conexões Luvas de Correr da KRONA.
Já os Tubos e Conexões unidos por junta elástica são perfeitos para longas linhas de tubulações verticais ou horizontais. Estas peças têm uma excelente absorção térmica e compensam alguns desníveis no piso que ocorrem ao longo do tempo. Mas atenção: em alguns casos é necessário fazer uma “quebra” na estrutura com conexões elásticas, chamada de lira. Ela vai evitar que a tubulação trabalhe de forma única e assim impedir que a peça rompa.

Sim, os Tubos e Conexões KRONA podem ser expostos ao sol. Isso nada interfere na pressão dentro do tubo ou impede que as peças cumpram perfeitamente as suas funções. Mas, com o passar dos anos, o sol poderá provocar uma descoloração e, consequentemente, um ressecamento da superfície externa da tubulação. Nesse caso, se a estrutura se tornar frágil, algum impacto externo pode causar um rompimento.

Sim, os Tubos e Conexões em PVC podem ser pintados. As tintas recomendadas para a pintura são à base de esmalte sintético. A pintura é bem-vinda aos Tubos e Conexões que estão expostos ao sol, evitando o ressecamento da superfície externa das peças. Para pintá-las, basta fazer um breve lixamento antes de aplicar a tinta.

Os tubos de esgoto não são projetados para suportar a pressão da água. Eles trabalham de forma semi-hídrica, ou seja, para escoamento livre sem pressão, agindo apenas pela ação da gravidade.

GLOSSÁRIO

Não encontrou o que procurava?

Quero falar com:

MarketingComercialExportaçãoFinanceiroComprasEngenhariaQualidadeRH/Vagas

Preencha seus dados:

Nome*

E-mail*

Telefone*

UF*

Cidade*

Empresa*

Profissão:

CNPJ

Como conheceu a Krona?*

Você já é cliente Krona?*

Mensagem