Tubos e conexões de diferentes materiais: cuidados na instalação

Os tubos e conexões de diferentes materiais são projetados de acordo com o que se destinam a conduzir. Alguns são destinados às tubulações específicas para água fria, outros são ideais para condução de água quente e, por fim, existem os itens específicos para instalações de esgoto.

Não consegue ler agora? Ouça aqui:

Para cada tipo de instalação, é possível encontrar tubos e conexões de diferentes materiais. Por isso, é essencial entender as orientações de uso e os cuidados necessários na instalação de cada um deles.

Principais materiais de tubos e conexões

Conheça, a seguir, os principais materiais de tubos e conexões disponíveis no mercado e a utilização correta de cada um.

PVC

O PVC é um dos materiais mais usados em todo o mundo. Suas principais aplicações são em tubos para instalações de água fria e esgoto, trabalhando com temperaturas de até 45°C em regime não contínuo. Existem 3 tipos de linhas de produtos fabricados em PVC: a soldável, a roscável e a junta elástica.

  • Soldáveis: são fabricados na cor marrom e a união dos tubos com as conexões é feita por meio da utilização do adesivo para PVC e da solução limpadora. Os tubos e conexões soldáveis são recomendados para instalações permanentes, que dificilmente serão modificadas.
  • Roscáveis: são fabricados na cor branca e, para fazer a união dos tubos com as conexões, é utilizada uma tarraxa para fazer rosca nos tubos e fita veda rosca para unir com a conexão. Esses produtos são ideais para instalações provisórias, pela facilidade de desmontagem.
  • Esgoto série normal: as tubulações esgoto de série normal, são aplicadas em sistemas prediais de esgoto sanitário e ventilação, que funcionam pela ação da gravidade e suportam temperatura de até 45°C.
      
  • Esgoto série reforçada: Já as tubulações esgoto de série reforçada são intercambiáveis com da linha série normal e aplicadas em sistemas prediais de água pluvial, esgoto sanitário e ventilação, que funcionam também pela ação da gravidade e suportam temperatura de até 75°C. Esses dois sistemas permitem a interligação entre o tubo e a conexão através da junta elástica ou soldável. Recomenda-se que em sistemas de esgoto se faça os encaixes através de junta elástica com a aplicação do anel de borracha. Esse sistema é perfeito para longas linhas de tubulações verticais ou horizontais, têm uma excelente absorção térmica e compensam algumas movimentações nas estruturas das construções que podem ocorrer ao longo do tempo.

PPR

Os tubos e conexões de PPR (Polipropileno Copolímero Random Tipo 3) podem ser utilizados para conduzir água fria ou quente. Esse material é altamente testado e possui condições de uso internacionais, que superam as normas técnicas brasileiras, suportando picos de temperatura de até 95ºC e menor perda de carga.

O PPR tem excelente isolamento térmico e dependente do projeto da instalação pode até dispensar o isolamento, pois tem baixa condutividade térmica, característica que mantém a temperatura da água e impede a transmissão de calor para o exterior do tubo. Além disso, dispensa o uso de solda, roscas e colas no processo de instalação. A união dos tubos e conexões de PPR ocorre por termofusão a 260°C, processo que garante a potabilidade da água e a durabilidade da tubulação.

CPVC

O CPVC (Cloreto de Polivinila Clorada) é um material utilizado no mundo há 60 anos, com normas brasileiras específicas que garantem a sua padronização e asseguram a qualidade na fabricação e aplicação. Esse material é similar ao PVC, mas tem propriedades superiores, que permitem a sua aplicação em temperaturas de até 70ºC, ou seja,é ideal para instalações de água quente. 

Os tubos e conexões de CPVC são seguros e a sua instalação é fácil e rápida. Além disso, a baixa condutividade desse material propicia maior isolamento térmico, mantendo a água quente por mais tempo e dispensando o uso de material isolante na maioria das instalações.

Cobre

Os tubos e conexões de cobre podem ser utilizados em diversos casos, como: redes de distribuição de água, aquecimento ou gás, sistemas de energia solar e extintores de incêndio. Esse material atende aos requisitos de segurança de diversas temperaturas e pressões e ainda combate o acúmulo de germes e bactérias.

Normalmente, o uso de tubos e conexões de cobre é recomendado em instalações com temperaturas superiores a 100°C. Nesses casos, a união da tubulação é realizada por meio de solda e exige o uso de isolamento térmico e juntas de dilatação.

PEX

O PEX (Polietileno Reticulado Monocamada) é um sistema de bobinas de tubos ligados a um módulo distribuidor, utilizado principalmente para conduzir água quente. A união dos tubos de PEX é feita com conexões metálicas e a tubulação desse material é resistente a altas pressões e temperaturas, não sofre corrosão e não necessita de juntas de dilatação na instalação.

 

Respeite o tipo de uso de tubos e conexões de diferentes materiais

Cada material tem especificações diferentes, que garantem sua resistência a diversos fatores, como pressão, temperatura, dilatação térmica e impacto. Se você utilizar os produtos para um fim diferente para o qual eles foram planejados, corre o risco de causar rompimentos, vazamentos e até acidentes.

Ao usar um tubo de esgoto para passar água fria, por exemplo, o material pode não suportar a pressão gerada e acabar se rompendo. Isso acontece porque, diferente da tubulação de água fria, em que o tubo pode permanecer cheio de água, a tubulação destinada ao esgoto é projetada somente para conter uma quantidade de ar e realizar o escoamento por gravidade.

Da mesma forma, se uma tubulação de água fria for usada para passar água quente, ela pode não resistir ao vapor produzido e estourar. Nesse caso, o motivo é que os tubos para água fria são feitos à base de PVC, enquanto os de água quente são de PPR ou CPVC, por exemplo, materiais com propriedades e resistência mecânica diferente.

Então, fique atento às especificidades de cada tipo de tubo e conexão e, principalmente, sobre o material do qual eles são feitos. O uso inadequado desses itens pode causar sérios problemas.

Como conectar tubos e conexões de materiais diferentes

Para conectar tubulações feitas de diferentes materiais, como uma torneira de metal a um tubo de PVC, é preciso usar conexões soldáveis e roscáveis. O joelho soldável com bucha de latão, por exemplo, serve para unir peças de metal roscáveis com conexões de PVC ou PPR.

Para a extremidade soldável, é possível utilizar soluções como o Adesivo Plástico de Soldagem da Krona, desenvolvido com uma fórmula específica para unir tubos de PVC. Vale lembrar que esse tipo de adesivo é destinado a materiais específicos — procure sempre a solução própria para aquele com o qual estiver trabalhando.

Cuidados ao adquirir e instalar tubos e conexões de diferentes materiais

 

Veja algumas dicas simples para acertar na compra e na instalação de tubos e conexões de diferentes materiais para a sua obra.

Siga as orientações de um profissional

Na hora de escolher e instalar tubos e conexões de diferentes materiais, é importante consultar profissionais especializados. Isso ajuda a evitar problemas com dimensionamento, folgas e erros de encaixe nas instalações.

É essencial para sua obra ou reforma que você esteja alinhado com o profissional que está cuidando de tudo. Ouça sempre o que ele tem a dizer sobre os materiais e tipos de produtos ideais para o seu projeto. Com isso, você evita idas desnecessárias à loja de materiais de construção por esquecimentos ou adaptações que podem surgir ao longo da obra.

Leve em consideração as informações do lojista

O vendedor da loja de materiais de construção costuma ter bastante experiência no assunto, por isso pode orientar você na hora da compra de tubos e conexões de diferentes materiais. Um lojista especializado pode esclarecer suas dúvidas sobre a qualidade dos materiais, ajudar a lembrar você de algum produto que está esquecendo e ainda facilitar a comparação de marcas.

Verifique se os produtos seguem as normas de qualidade

Verificar se a marca que você está comprando é certificada e atende aos requisitos das normas de qualidade faz toda a diferença. É uma garantia de que você está comprando tubos e conexões seguros, confiáveis e com qualidade comprovada. Na dúvida, pergunte ao vendedor ou consulte o site da marca.

Aqui na Krona, disponibilizamos os atestados de qualidade para download no nosso site e, além de fabricarmos nossos produtos de acordo com as normas técnicas da ABNT e do certificado do PBQP-H, temos a nossa própria formulação do composto utilizado para fabricar conexões de PVC. Com isso, oferecemos ainda mais garantia aos nossos produtos.

Como você viu, tubos e conexões de diferentes materiais possuem aplicações específicas e considerar esses pontos já é meio caminho andado para que tudo dê certo nas suas instalações. Além disso, para uma obra com mais qualidade e segurança, independentemente do tipo de material, conte sempre com os produtos da Krona.

Para saber mais sobre os nossos produtos e não perder nenhuma novidade, acompanhe nossos conteúdos nas redes sociais. E para adquirir tubos e conexões com a qualidade Krona, clique aqui e encontre o revendedor mais próximo de você.

X

SEJA EXCLUSIVO

Receba em primeira mão dicas de reformas, vendas e soluções Krona.

DESEJA RECEBER NOVIDADES EM SEU E-MAIL



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.